domingo, 28 de dezembro de 2014

Belezas de Itamaracá



Estava na beira da praia 
Ouvindo a fanfarra das ondas do mar




*


Eu vou com meu amor
À Ilha de Itamaracá
Pra dançar uma Ciranda
Que a Lia me mandou chamar




*



Vou dançar Ciranda
Até o sol raiar
Vem dançar Ciranda
Vamos meu bem balançar




*



O mar tem um verde louco
Que eu acho pouco
Dizer que é beleza!



*



A praia tem tanto coco
Que eu fico rouco
De gritar riqueza!




*


Sou pescador, sou de Agua Fria
Sou moreno cirandeiro
Sou o chamego de Lia






***





quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Dia de Natal em Itamaracá




Natal

Feliz Natal! A Humanidade vibra
No abraço fraterno de amigos para amigos
É a confraternização universal!
Em que todos se abraçam mais unidos

No semblante de todos, há risos e alegria
A vida fica bela neste prisma de amor
No abraço, irmanados, o bem é desejado
Todos riem, todos cantam. Não há lugar pra dor

O homem canta e louva esta sublime data
A mais linda e maior de toda cristandade
A Deus ele glorifica nas alturas
Pedindo paz na terra aos de boa vontade

José Lopes







sábado, 6 de dezembro de 2014

Itamaracá de Ontem...





Que foi feito.................................... dos candieiros alcoviteiros  que iluminavam as casas e a sua luz de carbureto que servia para iluminar os pastoris, os fandangos, mamulengos e bumba-meu-boi? 

***

(História e Segredos de uma Ilha, José Lopes)






***

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...