sábado, 15 de novembro de 2014

Escolhida por Sileni e Rosélia para participar de uma Tag







Fui uma das escolhidas pelas amigas Sileni do Blog Fotos e Prosas e Rosélia do Blog Espiritual Amizade.


E


Devo Cumprir com estas Regras pedidas abaixo. Aí vai:






Como já disse, fui indicada pelas amigas e também parceiras no blog Novo Pentecostes, Sileni e Rosélia. Agradeço as amigas por esta lembrança.

***


O Premio de participação é o selo acima Blogger Award

***



Aqui, compartilho os 7 fatos sobre minha vida em Itamaracá:




1. Gosto demais de Itamaracá! Meus antepassados eram nativos desta Ilha. Aqui meus pais, que eram primos, nasceram, cresceram e na juventude iniciaram o namoro. Cada um veio morar em Recife e depois casaram. Portanto, Itamaracá é parte de minha história.


2. Dedico este Blog, Salinas da Ilha, em Memória da Ilha de Itamaracá. Uma visão muito particular do seu passado e do seu presente.



3. Nasci e moro em Recife, mas sempre passei as férias em Itamaracá. Meus pais sempre nos levavam desde muito pequenos. Ficávamos numa casa de taipa, perto da praia, no Sítio Jaguaribe, terreno do meu avô paterno.





4. A casa era chamada por nós e por nossas primas, de "Castelo da Curva", pois o ônibus, na época: "a Sopa", fazia uma curva para desviar da casa que ficava na esquina da rua. Ali, à noite, nossos primos vinham nos visitar e era muito divertido.

5. Nos anos sessenta, nos mudamos para uma nova casa. Logo na rua atrás do "Castelo da Curva". Esta casa foi construída no mesmo terreno de meu avô, de alvenaria e maior que a primeira. Nas férias, a casa era frequentada por parentes que moravam na Ilha e amigos que convidávamos para as férias em nossa casa.






6. Não tínhamos água encanada e nem luz elétrica. No quintal papai mandou construir uma cacimba e o "banho era de cuia". À noite a luz vinha do candieiro. Nas noites de lua cheia, com violão, fazíamos "serenata na praia".

7. Nesta nossa casa, nos anos setenta, promovíamos festinhas, chamadas de "Assustado". Primos, amigos e, até nossos pais, nos divertíamos dançando ao som de uma radiola ou de um gravador. Nesta época, tínhamos energia elétrica e água encanada. Não posso deixar de comentar aqui, as famosas "Cirandas de Lia", em frente ao Bar Sargaço. Era todos os sábados e bem pertinho de nossa casa.


***




Nomeando 15 Blogs:


1. Blog Hora de Luz de Marilandi  Rodrigues

2. Blog Misturação de Ana Karla

3. Blog Ciranda de Palavras de Anete

4. Blog Mesa de Conversa de Carlos Hamilton

5. Blog Experiência de Maria Luiza Monteiro

6. Blog Vias Percorridas de Maria Claudete

7. Blog Casa da Alquimia de Maria Luiza Rezende 

8. Blog Fotos e Prosas de Sileni

9. Blog Espiritual Amizade de Rosélia

10. Blog Só pra dizer de Zilanir Célia


11. Blog Mineirinho de Toninho

12. Blog Zambeziana de Graça Pereira

13. Blog A Viagem de Evanir

14.  Blog Cantinho Passatempo de Maria Ferreira Vechi

15. Blog Folhas Flores e Sutilezas de Marilene


***






3 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Zui
Uma lindeza de post com doçura, embalo, cor no ar... sensação de que Itamaracá é povoada de gente de bem e de valor...
Música com um ritmo cultural intenso e gosto disso...
Obrigada por participar, com esmero e carinho, da nossa TAG...
Tenha um Domingo abençoado!!!
Bjm fraternal

✿ chica disse...

Ficou lindo teu post e foi ótimo saber mais um pouco de ti! Belas fotos! Valeu! Que teu domingo e semana sejam de alegrias e paz! bjs, chica

Sileni Machado disse...

Olá querida Zui! Que delícia ler a sua história tão cheia de encanto e vida! Bom demais essas lembranças de um tempo vivido com simplicidade e amor! Fico demais agradecida pela sua linda participação na tag!
E parabéns tbm pela beleza de reflexão em forma de oração no Novo Pentecostes!
Grande beijo, fique com Deus! =)

Vivendo e Aprendendo
Fotos e Prosas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...