segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Tinha um coqueiro ao lado...


"Tu não te lembras da casinha pequenina
Onde o nosso amor nasceu.
Tinha um coqueiro do lado
Que coitado de saudade já morreu.


Tu não te lembras das juras ou perjuras

Que fizestes com fervor.
Daquele beijo demorado, provocado...
Que selou o nosso amor".

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...